Ontem foi anunciado oficialmente o Delphi 2009, que também vinha sendo conhecido como Tiburon.  Ele já está disponível para pré-venda nos EUA, mas ainda não no Brasil, pelo menos não na loja virtual da Borland/CodeGear/Embarcadero.

Para nós usuários do Delphi uma nova versão é sempre uma esperança renovada de que a ferramenta esteja melhor e nos dando mais produtividade. Entre as novidades dessa versão, estão melhorias importantes na linguagem como Generics, que para mim é a principal novidade e o que tenho esperado no Delphi há muito tempo.

Ele tras também novos controles da VCL, como o Ribbon, que serve para criar barras de tarefas estilo Office 2007. Pra quem já utiliza os componentes da DevExpress, pouco importam essas novidades. Inclusive nós já temos o Ribbon lá há muito tempo.

Existem melhorias no DataSnap, que são muito interessantes, principalmente para quem usa o DataSnap atual puro do Delphi, que depende de COM e sempre só ouvi reclamações. Digo DataSnap atual puro, pois eu utilizo o DataSnap com RemObjects para camada de comunicação, então nunca dependi do COM e nunca passei as dificuldades que isso trás.

E claro, Unicode, que praticamente nenhum desenvolvedor brasilieiro precisa, mas que é importante para que a ferramenta atender o maior mercado possível suportando qualquer conjunto de caracteres.

Junto as novidades, sempre vem um pouco de melhoria na estabilidade e performance da IDE. Isso eu diria que pra mim é um dos itens mais importantes. O meu Delphi 2007 por exemplo, ele dá pau pelo menos entre duas a três vezes por dia. São aqueles erros inexplicáveis que te obrigam a fechar a IDE e recomeçar o trabalho.

Vale a pena atualizar seus Delphi para o 2009? Na minha opinião vale. Eu com certeza atualizarei o quanto antes. Meus principais motivos são:

  • Generics vai permitir que eu elimine muito código.
  • IDE mais rápida e estável, reflete em maior produtividade do desenvolvedor.
  • Suporte ao produto. Não podemos negar que a CodeGear está se esforçando de verdade para melhorar o produto e parece que está cada vez mais na direção certa. Pare e pense qual seria o tamanho do prejuízo se você tivesse que migrar seus projetos para uma outra plataforma no caso do Delphi ser abandonado. Pensou? Pois é, você vai ver que o custo do Delphi é insignificante perto desse custo. Então temos que suportar o produto, comprando as licenças.

Mais informações sobre o anúncio: