Leonel Togniolli, Zote, eu, Bruno Sanson e Daniel Maltarolli

O terceiro dia começou com a palestra do Tertius, da Borland Brasil. Eu peguei apenas o final dela, mas ele apresentou a equipe que vai para a DevCo brasileira. Ele reforçou também o apoio a comunidade e aos grupos de usuários, o que é certamente uma ótima iniciativa.

O Amandio, também da Borland Brasil, veio falar rapidamente sobres os treinamentos oficiais que estão sendo atualizados, e que as atualizações serão agora muito mais rápidas e freqüentes.

Depois fui para a palestra do Fernando Rizzato sobre Delphi + Togheter + MVC. Na seqüencia a palestra do Leonel Togniolli sobre técnicas avançadas de depuração.

O almoço, como em todos os dias estava muito bom, alias, queria dizer que a organização do evento como um todo estava ótima. No almoço era impressionante ver membros da equipe da Borland parados ao lado do buffet em posição de vigia, tomando providencias sempre que algum dos pratos estava acabando, talheres faltando, etc. Parabéns mesmo para o pessoal da organização, sem “puxação de saco”, estava show de bola.

Após o almoço vi a palestra sobre otimização de aplicações do Bruno Sonnino, que apanhou do teclado desconfigurado (Bruno, foi divertido, haha).

No encerramento tivemos sorteios, palavras do David I e de alguns outros da Borland.

Com isso encerramos mais um ano de BorCon, já foram realizadas 5 no Brasil, eu estive em 4 delas.

As fotos estão neste set do Flickr.