Mais informações sobre a divisão da Borland foram publicadas na Info. Segundo o artigo, poucos profissionais da Borland Brasil ficarão na nova empresa. Apesar disso, a nova empresa deve ficar com 50% do faturamento no país, que é o que representa a parte das IDEs.

Na minha opinião isso é uma ótima notícia, pois teremos muito mais dinheiro pro lado das IDEs. Com menos funcionários e mais faturamento, a empresa terá mais caixa para investimentos em todas as áreas.

Outro detalhe mencionado é que a reestruturação deve estar completa em 60 a 90 dias. Para nós, resta esperar e torcer para que tudo dê certo.