Danny Thorpe, um dos principais membros da equipe do Delphi, que era responsável principalmente pelo compilador, deixou a Borland e foi para a Google para trabalhar no Firefox.

Por um lado, é sempre triste perder um profissional importante como ele, mas por outro, é satisfatório ver alguém do time do Delphi indo para algo tão popular como o navegador Firefox, do qual sou usuário há muito tempo, desde que ele se chamava Phoenix e estava sem versão alfa.

Torcemos para que a saída de alguém importante como ele, não afete o desenvolvimento do Delphi, que certamente continua contando com muitos talentos além de contratando novos. Alias, sei de um brasileiro fera que está tentando uma vaga no time, torço muito para que ele consiga!