Um amigo que lê o blog me perguntou se já considerei Java para desenvolver minhas aplicações e achei que isso valia um post.

Algum tempo atrás comecei a estudar Java para poder analisar com mais conhecimento de causa. A conclusão que cheguei é que Java não serve para o tipo de sistema que eu e minha empresa desenvolvemos. Java é muito legal, porém é extremamente improdutivo. Tudo é infinitamente mais complicado se comparado ao Delphi por exemplo (mesmo utilizando as IDEs mais modernas), além do desempenho ser muito inferior.

Rodar em outra plataforma que não Windows, NUNCA (nunca mesmo) nenhum cliente sequer perguntou isso para nós, e nenhum de nossos clientes tem outra plataforma nas estações. Então chegamos a conclusão de que isso realmente não importa no momento, e não deve importar ainda por muitos anos.

É importante resaltar que isso foi o Java na minha realidade, na minha área de desenvolvimento, com os meus tipos de software e cliente. Certamente ele é a melhor solução em outros casos, mas não o meu.